segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Bia Winethy

 Bia Winethy - 14 anos 
  mamãe do Enzo

Facebook ↓ 
  
 http://www.facebook.com/bia.winethy

Ask ↓ 
http://ask.fm/BiaWinethy








             Enzo ↓




                                               Histtoria dela 

Positivo, essa foi a palavra que mudou completamente minha vida. Fiquei sem chão, não chorava nem sorria, não sentia nada alem de desespero. E agora? O que eu vou fazer? Imediatamente sai às ruas. Sem nada, apenas com meu celular que vibrava em meu bolso. Eu desprezava as ligações. Foram nove ligações não atendidas. Minha tia tava preocupada comigo, aquelas coisas de mãe mesmo. “Com quem você está”, “onde está?” “ta tudo bem?”. Enfim, lá tava eu sentada no banco perto da escola. Olhando a movimentação, pensando em tudo. me perguntava se isso era um sonho, ou se eu realmente estava grávida. De fato eu não estava sonhando. 1 única lagrima escorreu do olho direito. Dizem que quando a primeira lagrima vem do olho direito, é por que a pessoa esta chorando de felicidade. Era o que eu realmente estava sentindo. Felicidade e desespero. Em dois dias, minhas amigas mais intimas sabiam de tudo sem que eu falasse pessoalmente com elas. Alguém tinha contado. Eu queria ter feito isso, mas não teve jeito.Pessoas a todo o momento, me olhavam torto, de modo preconceituoso. Algumas até mandavam perguntas em anônimo no meu blog perguntado se eu não tinha vergonha de estar grávida aos treze anos, e se eu não estava muito nova pra ter um filho, ou ate se eu iria abortar. De fato eu era e ainda sou muito nova pra ter um filho, porem eu tomei a decisão de te - lo sim. Pois como diz minha avó: “ mais vale estar nascendo um do que enterrando um.”. Enfrentei a gravidez, não tive medo, segui as orientações dos medico. Fiz todas as ultra sonografias que ele pediu, na primeira deu pra ver que era menino, meu Enzo estava com as perninhas abertas e com a Mao no rosto. Fiquei muito feliz. O tempo passou e no dia dez de novembro de dois mil e onze (10/11/11), fui na minha ultima consulta, finalmente, com o doutor Helio A. Silvério, que marcou minha internação dia dezessete de novembro de dois mil e onze. Fui pra casa toda feliz, sabendo que meu bebê estava bem e que não demoraria, iria estar em meus braços. Não consegui dormir antes das 5 da manhã, fiquei andando pela casa, tomando leite e toddy, mais tarde, já no dia, onze de novembro de dois mil e onze as dez horas, eu me levantei, sentindo contrações, quando fui tomar meu banho, gritei minha tia, pois eu estava sangrando. Liguei para o doutor Helio, ele me disse para ir imediatamente para o consultório. Cheguei lá e logo meu sogro e namorado também chegaram. Fui atendida rápido. O doutor me informou: “esta com 4 cm de dilatação” me assustei e ele continuou: “você é bastante forte, mas preciso que vá ao centro cirúrgico o mais rápido, seu bebê nasce hoje” me espantei mais ainda! Fui para o centro cirúrgico, eu, minha tia, meu namorado, meu sogro e meu irmão. O meu bebê nasceu as doze horas e cinquenta e cinco minutos, ( na verdade 57). Nos emocionamos muito ao ver aquele ser tão pequeno, frágil, e dependente. hoje ele tem 9 meses, é a razão da minha vida *-*

* Perguntas feitas no ask *-*   DEPOIMENNTOS *
Como contou para seus pais (tios) e alem como foi ser mãe com 13/14 anos ? 
Bom, minha gravidez foi tranqüila, com minha família me apoiando. Meu pai quando soube ficou dois dias sem falar comigo, quando ele veio falar cmg, eu chorei pq ele disse: minha filha, aconteceu vc, e podia ter acontecido com qualquer uma, nos vamos acolher essa criança, por que ela, mesmo nem tendo nascido já faz parte da nossa família, você não vai abaixar a cabeça pra ninguém, por que não foi assim que o pai te ensinou. eu te comprei bombom (me entregou uma coisa de bombom), vc gosta desses NE? Eu disse: sim pai, (já tava chorando) ele me abraçou, chorou MT tbm, encostou a cabeça na minha barriga e falou: ô pititico do vovô, vem logo que o vô ta esperando você. 
Quando eu passava na rua, as pessoas me olhavam torto quase sempre, coxixavam umas com as outras, eu ate escutei assim de uma vadia na rua: nossa, vc ta grávida? Não tem vergonha não? Eu disse: vergonha eu teria se eu fosse preconceituosa como vc, virei as costas e fui embora. Exatamente como meu pai me ensinou.
No dia do parto foi emocionante, eu chorei mt sim, mas o kevin chorou mais que eu kkk, mas foi lindo


vc nao tem vergonha de ter filho aos 14 anos nao?
vergonha? eu tenho é orgulho, tem tanta gente por ai colocando bebe no lixo, abortando, e eu to aqui cuidando do meu, por que teria que ter vergonha?


Desde quando começou o seu namoro e nasceu esse bebezinho lindo, onw  
ah ta, foi assim né... um dia eu fui na escola dele ver uma feira do conhecimento que tinha la, ae né eu conheci ele, ele nao lembra mas ele falou assim pra mim: oi gatinha, vamo beiça? KKKKKKKKK, ai eu sai correndo --', ae teve um dia qe eu fui la de novo acho que ver futebol ou handball, ae ele tava la, ele e os amiguinhos dele, fazendo bagunça como sempre, ae né eu e a Ana Cafrune, saiu correndo, eu ela e o axl, ( eu de velao kkkkkkkk) ae ta blz... ae teve um dia que ele me esperou na porta da minha escola depois da aula, ele me viu mas nao teve coragem de falar comigo, so depois, quando eu tava quase chegando em casa, o amigo dele me gritou e falou assim: aquele ml pititinho ali quer ficar com vc, ai eu falei: quem ? ele: o mais pititinho, ae eu disse: ta bom, depois agnt se fala, e sai apressadamente kkkkkkkk, eu nao ia procurar ele de novo né, mas ae depois ele me adc no orkut, pediu meu msn, e agnt sempre conversava, ae agnt ficou, agnt ficou um tempinho bom só ficando, dps agnt começou a namorar, ae depois de alguns meses de namoro, eu fiquei sabendo que tava gravida, ele achou bom, eu tbm, minha gravidez foi tranquila, como eu ja disse aqui em outras respostas, e no dia 11/11/11 meu enzo nasceu *-*.


escreve outro texto? sobre sua vida, a noites com o enzo
bom, as noites com ele eram tao tranquilas, ele acordava sim, mas era só pra mamar, e depois dormia de novo, as vezes eu ficava deitada escutando a respiração dele, e chorava, nossa, eu chorava muiiiiiito mesmo, só de pensar que ele era meu, que essa coisa perfeita foi fruto do meu amor com o kevin, vish. eu colocava ele no berço, mas nao aguentava e no meio da noite colocava ele do meu lado na cama, ficava olhando ele, cada detalhe do rostinho dele, dos olhinhos, dos bracinhos, as perninhas gordinhas, o tamanho dele, tao pequeno, pensava: esse é o meu pequeno, e cochichava no ouvidinho dele: eu te amo e vou te amar para sempre, na primeira vez que eu fiz isso, ele deu um sorrisinho de canto da boca tao lindo, e foi ai que eu chorei mais ainda, vish, por que meu coração é mole, mole feito pudim. mas enfim anonimo, é isso...

omo foi as primeiras semanas com ele? fala tudo
foi magico, foi tipo, eu nao acreditava que ele era/é meu filho, eu chorava tanto, só de pensar que ele era meu, que eu tinha gerado ele dentro de mim, eu olhava pro rostinho dele, e nao acreditava, beijava cada dedinho dele, falava eu te amo no ouvidinho dele, foi muito magico , sério

voc mora com seu namorado e seu filho ?
como eu ja disse, o kevin dorme aqui em casa cmg no meio da semana, e fim de semana eu durmo na casa dele, isso é quase morar juntos né ? kkk

como foi contar pros seus pais ? conte-me com detalhes por favor ?
bom, minha sogra veio aqui falar com minha tia, o kevin ja tinha falado pra ela que minha menstruação tinha atrasado, ae a mae dele veio aqui falar com minha tia, e disse que se eu tivesse mesmo, agnt tinha que apoiar pq uma criança é mt bem vinda na nossa familia, ae minha tia concordou e dps contou pro meu tio -pai e toda familia, meu pai ñ falou cmg por dois dias, dps ele veio falar cmg, comprou uma coixa de bombom, me deu e me disse coisas lindas çç', quando eu lembro eu ate choro

                       ser mãe é 
                                               MAGICO, PERFEITO, TUDO! kk



Muitos me julgaram por ser mãe tao nova , disseram que eu nao seria capaz de cuidar de um ser tao pequeno e tao dependente de mim para tudo , mas tambem sao muitos os que acreditam em mim e estao ao meu lado , !
 
bom, cara foi a coisa mais perfeita em toda minha vida, escorreu uma lagrima do meu olho, foi a lagrima mais sincera e "feliz" de toda a minha vida, saber que aquela criança perfeita era minha, é minha, e vai ser pra sempre minha, que precisava e precisa de mim, cara, foi o momento mais feliz que eu ja tive até hoje, sério, eu olhei pra ele e chorei tanto, eu não acreditava sabe? não caia a ficha , mas com o tempo eu fui me acostumando, mas eu ainda choro de pensar que ele é meu, tipo é muita emoção, o Enzo é minha VIDA.
Tudo que está , aqui é tudo autorizado poor ela ;] *


Um comentário: